Brasil Para Todos

O “Guia Brasil Para Todos”, escrito conjuntamente por Andrea Schwarz e Jaques Haber, é um roteiro turístico do Brasil para quem possui algum tipo de deficiência. Baseando-se nas pesquisas sobre os avanços da acessibilidade e da infraestrutura da rede turística, o casal construiu um guia com as 10 capitais brasileiras, 139 passeios acessíveis, 106 restaurantes e 92 hotéis adaptados. Já disponibilizado em versão digital, o roteiro indica diversas atrações acessíveis dentro da cidade de São Paulo, entre elas:

Jardim Botânico: No ano em que comemora 80 anos de existência, o Jardim Botânico acaba de inaugurar a remodelação de sua entrada principal, a Alameda Fernando Costa, que recebeu um deck de madeira reflorestada e a regeneração do córrego Pirarungáua, agora exposto a céu aberto. No roteiro de visitação, em trilha de 800 metros de extensão e alguns pequenos aclives resultantes de sua topografia, os visitantes conhecem o Jardim dos Sentidos, uma atração adaptada que oferece experiência sensorial em um espaço com plantas e flores. Seguindo adiante, conhece-se a Trilha da Nascente do Riacho do Ipiranga. Aberta em 2006, e feita de madeira, facilita o acesso de cadeirantes. O parque disponibiliza visitas monitoradas (agendadas) e um carrinho elétrico para pessoas com dificuldade de locomoção. 

Estufas-JardimBotânicoDeSãoPaulo.jpg

Mercado Municipal: Os quase 13 mil metros quadrados do Mercado Municipal por vezes ficam pequenos para o movimento diário de 14 mil pessoas. Enquanto muita gente vai até lá para passear e degustar o famoso pastel de bacalhau e o generoso sanduíche de mortadela (300g em pão francês), a maioria dos que circulam está ali trabalhando desde muito cedo para oferecer produtos de qualidade a clientes sempre muito exigentes. Não é difícil encontrar grandes chefs da cidade escolhendo pessoalmente ingredientes para suas criações culinárias. O Mercadão oferece acessibilidade ao visitante em cadeira de rodas por meio de rampas e elevadores. A proximidade com a estação Luz do metrô facilita a vida do visitante. 28-Mercado-Municipal_Foto_JoseCordeiro_0011-3.jpgMuseu da Língua Portuguesa: Inaugurado em 2006, o Museu da Língua Portuguesa inovou na forma de apresentar sua exposições ao público. Utilizando criatividade, tecnologia e interatividade com o público, oferece navegação em telas que mostram a origem da língua, sua evolução, as diversas formas de utilização no cotidiano e o seu emprego na literatura. Para o público com deficiência, o prédio oferece acessibilidade em todos os andares, sinalização com piso podotátil e monitores. Estudantes com carteirinha pagam meia-entrada. Professores da rede pública (com holerite e identidade), crianças até 10 anos e adultos a partir de 60 anos não pagam. Aos sábados, a visitação é gratuita. Banheiros adaptados.museu_da_lingua_portuguesa_gov_sao_paulo-1.jpgMuseu de Arte de São Paulo (MASP): O MASP e um dos mais conhecidos cartões postais da cidade de São Paulo. Palco de grandes exposições e manifestações culturais, este espaço, fundado por Assis Chateaubriand, Pietro Maria Bardi e Lina Bo Bardi, tem em seu acervo obras dos mais renomados artistas da Brasil e Europa, entre os quais estão Volpi, Lasar Segal, Manabu Mabe, Henri Matisse, Claude Monet, Pablo Picasso, Sandro Boticelli e Rembrandt. Para visitar suas diversas salas, pessoas com deficiência tem acesso através de elevadores e rampas.10-18-sao-paulo_av-paulista_voce-viajando.jpgParque do Ibirapuera: O Ibirapuera é o maior e mais frequentado parque de São Paulo. Em seus quase 2 milhões de metros quadrados, cobertos em sua maioria por área verde, recebe cerca de 20 mil pessoas todos os dias. Em domingos ensolarados, o público chega a 130 mil. Toda essa gente vem ao parque em busca de espaço para a prática esportiva, lazer com as crianças e visitas aos seus vários museus. Localizado em área plana, facilita a circulação de cadeirantes.As vias internas são asfaltadas e não há calçadas. O parque infantil está localizado em local gramado. Nas trilhas internas, o terreno é acidentado. Existem amplos espaços para piquenique e local para aluguel de bicicleta (algumas com lugares para duas ou mais pessoas). O projeto arquitetônico das edificações do parque é assinado por Oscar Niemeyer: o Pavilhão Principal, a OCA (espaço para exposições), o Auditório Ibirapuera e o Museu de Arte Moderna (MAM). Banheiros públicos adaptados, com barras de apoio.Ibirapuera-iStock.jpgTeatro Municipal: Construído pelo arquiteto brasileiro Ramos de Azevedo e os italianos Cláudio Rossi e Domiziano Rossi, o Teatro Municipal mantém o glamour dos velhos tempos. Prestes a completar 100 anos, sua arquitetura imponente e bom gosto das peças decorativas, no interior das salas, chamam a atenção de todos. Pessoas com deficiência física têm lugares reservados na plateia e é possível fazer visitas monitoradas. Teatro_Municipal_de_São_Paulo_8.jpg– Lorena

Anúncios